O que é Ramadã

 

Um quarto da população mundial está cumprindo o jejum do mês do Ramadan, o nono mês do calendário lunar islâmico e o mais importante, por ser um dos cinco pilares do Islam. Durante as 4 semanas os muçulmanos jejuam desde que o sol nasce até o pôr-do-sol.

Vamos colocar algumas curiosidades e informações para melhor entender o significado do Ramadan:

Sawm:

A palavra árabe para “jejum” (sawm) significa literalmente “abster-se”.  Isso significa não só abster-se de comida e bebida, mas de más ações, pensamentos e palavras.

Refeições:

Em função do jejum, que deve ser cumprido ao longo do dia  todo durante 30 dias, ocorrem diversas mudanças de hábitos rotineiros e sociais. A principal delas diz respeito à  redução das três refeições corriqueiras para apenas duas por dia e em horários pra lá de interessantes:

 

  • Iftar:

É a refeição do fim do dia que representa a quebra do jejum. A tradição pede que o  Iftar aconteça em comunidade, reunindo familiares, vizinhos e amigos com o objetivo de fortalecer os laços com a família e com a sociedade. Uma outra grande característica é distribuir refeições aos necessitados, por ser o mês da generosidade e da benção. O usual é quebrar o jejum com tâmaras e água antes de se deliciar com os melhores pratos feitos, especialmente, durante este mês.

  • Suhur:

É a refeição da madrugada, para ajudar a pessoa a aguentar um dia inteiro sem alimentação. O profeta Muhammad recomendou que se faça a refeição de pré-jejum antes do amanhecer aliviando a fome e a sede, o que auxilia no cumprimento do jejum.

Essência do Ramadã

Jejuar no Islam significa abster-se de alimentos & bebidas o dia todo até o pôr-do- sol,  momento em que os minaretes das mesquitas levantam “Azan al Magreb”, que seria o chamado para a oração ao entardecer. Portanto, Ramadã é o mês da reflexão espiritual, rezas, humildade, boas ações,  caridade, generosidade, auto-disciplina, auto-controle e auto-contenção. É o tempo para estabelecer uma maior aproximação com Deus e educar o corpo e a mente para vencer as vontades mundanas. Durante o Ramadan os muçulmanos perfumam e embelezam as mesquitas,  fazem orações extras, entre elas o “Tarawih” em que o Alcorão é recitado na sua totalidade, como a melhor forma de comemorar a sua revelação que ocorreu exactamente neste mês.

Caridade:

Como um período  de purificar a alma, buscar uma aproximação de Deus, além da prática do auto-sacrifício através da privação e da fome,  o Ramadã é muito mais do que não comer e beber. O principal propósito é levar cada muçulmano a refletir sobre alguns valores como: solidariedade, consolação e generosidade; incentivá-los a praticar boas ações e demonstrar afeição para com os necessitados e pobres. É a melhor época para se revelar o espírito comunitário islâmico e praticar os princípios da igualdade social.

Categorias: Islam Ocasiões
  • + 55 41 3057 9700
  • + 55 41 9289 9007